Dezembro 14, 2018 10.digital

Uma campanha de fair-play, por Diogo Dias

Camisolas do Porto e Sporting num treino do Benfica

O aparecimento de camisolas dos eternos rivais FC Porto e Sporting, no espaço em que treina a equipa de futebol principal do Benfica, não é normal. Um cenário vermelho manchado de verde e azul?! Onde é que já se viu? Mas aconteceu e nem se tratou de uma sabotagem de leões ou dragões. A “culpa” é da Fundação Benfica e de um vídeo que fez, em março de 2017, que termina a dizer: “Todas as crianças têm direito à educação, independentemente da cor, crença ou clube.” Nem mais.

A história começa com um autocarro que vai a uma escola buscar os miúdos que tiveram melhores notas. O veículo dirige-se para o Centro de Treinos do Seixal, onde os alunos se sentam no banco de madeira dentro do balneário. Surge então o treinador Rui Vitória a anunciar aos petizes que vão jogar futebol com os craques benfiquistas. Para esse efeito, começa a distribuir-lhes camisolas do Benfica. A certa altura, o mister percebe que há ali crianças adeptas de outros clubes… Na imagem seguinte vemos os mais pequenos a interagir com os futebolistas famosos, na maioria com camisolas do Benfica… mas também um com camisola do FC Porto e outro com camisola do Sporting.

O vídeo pode ser visto aqui:

A Fundação Benfica deu-lhe o título: “Para não perdermos a noção do que é mais importante”.

Chamo-me Diogo Dias e sou web designer na agência 10.digital. Como tenho 22 anos sou o colaborador mais jovem da empresa. Este filme marcou-me muito porque nunca vi nada igual no mundo do futebol português. E marcou-me mais ainda por haver sempre grandes rivalidades neste universo, ao ponto de, por vezes, levarem a confrontos físicos.
Qualquer que seja a área da nossa sociedade, pôr os rivais num anúncio é coisa que cada vez menos se vê na publicidade e no marketing, quanto mais no mundo por vezes fundamentalista do futebol. É verdade que sou adepto do clube da Luz e que isso terá influenciado na escolha deste vídeo como minha campanha favorita. Mas como imaginam, há atitudes do Benfica em que me revejo e outras com que não me identifico. Nesta revejo-me.

 

Quer continuar a receber notícias nossas? Subscreva a nossa newsletter!

Confirmo que aceito ser contactado para fins de email marketing.*

* Campo obrigatório

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *