Agosto 10, 2017 Filipe Silva

Candidaturas Abertas – “Vale Indústria 4.0”

Já estão abertas as candidaturas aos Vales Indústria 4.0 e a 10.digital é umas das entidades acreditadas para prestar serviços neste âmbito.

Se representa uma PME e pretende promover a digitalização da sua empresa é este o momento certo para o fazer.

Desde dia 9 de agosto e até 29 de setembro próximo, as PME interessadas poderão submeter a sua candidatura ao primeiro concurso do programa “Vale Indústria 4.0”.

Vão ser distribuídos 4,2 milhões de euros em vales (com valor máximo de 7.500€), para projetos com foco na digitalização.

O apoio neste âmbito é de 75% (Incentivo Não Reembolsável -INR) com limite de €7.500. Todas as PME de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica são abrangidas por esta medida desde cumpram os seguintes critérios.

Critérios de elegibilidade dos beneficiários

  • Não ter projetos aprovados na mesma prioridade de investimento;
  • No caso do Vale Inovação/Indústria 4.0, não ter projetos aprovados na prioridade de investimento Qualificação PME;
  • Ter, pelo menos, 3 postos de trabalho.

Objetivos
Os Vales Indústria 4.0 têm como principais objetivos:
– Promover o investimento de micro empresas e PME em projetos no âmbito do desenvolvimento de comércio eletrónico e marketing digital;
– Qualificação de PME: para criar condições de implementação de medidas de adesão à indústria 4.0, designadamente no âmbito da gestão e do marketing digital e do comércio eletrónico;
– Inovação produtiva: para implementação de soluções produtivas inovadoras utilizando processos digitais de controle digital;
– Promoção e criação de incentivos para o desenvolvimento de tecnologias e modelos i4.0 de aplicabilidade transversal e duradoura, com impacto crítico na competitividade do tecido empresarial português.
Despesas Elegíveis
São suscetíveis de apoio os serviços de consultoria com vista à identificação de uma estratégia conducente à adoção de tecnologias e processos associados à indústria 4.0, no seguinte âmbito:

Implementação de processos associados ao comércio eletrónico, nomeadamente:

  • Desenho e implementação de estratégias aplicadas a canais digitais para a gestão de mercados, canais, produtos ou segmentos de cliente;
  • User-Centered Design (UX): desenho, implementação e otimização de estratégias digitais centradas na experiência do cliente que maximizem a respetiva atração, interação e conversão;
    Inscrição e otimização da presença em marketplaces eletrónicos;
  • Social Media Marketing: Desenho, implementação e otimização da presença e interação com clientes via redes sociais;
  • Content Marketing: criação e distribuição de conteúdos digitais (texto curto, texto longo, imagens, animações ou vídeos) dirigidos a captar a atenção e atrair os clientes-alvo para as ofertas comercializadas pela empresa;
  • Display Advertising: colocação de anúncios à oferta da empresa em sítios de terceiros, incluindo páginas de resultados de motor de busca;
  • Mobile Marketing: tradução das estratégias inscritas nos pontos anteriores para visualização e interação de clientes em dispositivos móveis, nomeadamente smartphones e tablets;
  • Web Analytics: recolha, tratamento, análise e visualização de grandes volumes de dados gerados a partir da navegação e interação de clientes em ambiente digital por forma a identificar padrões, correlações e conhecimento relevante que robusteçam os processos de gestão e tomadas de decisão.

Quer saber como pode candidatar a sua empresa? Estamos cá para ajudar! Peça agora mais informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *