Dezembro 6, 2016 Martha Mendes

Colocar o conteúdo útil no centro do marketing

mm

 

A tecnologia, a internet e as redes sociais obrigaram a repensar várias áreas de saber e o marketing não foi exceção. Num quotidiano saturado de mensagens, imagens, estímulos e call to action, em que o número de horas on-line ultrapassa largamente o número de horas off-line, o marketing tradicional é, cada vez menos, eficaz. É também em resposta à necessidade de repensar esta atividade que o marketing de conteúdo ganha cada vez mais espaço e importância na estratégia das marcas.

Vamos à definição: o marketing de conteúdo é uma abordagem estratégica focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente, com potencial para atrair e reter públicos claramente definidos e, em última instância, impulsionar o consumo de produtos ou serviços. Esta abordagem não se limita a lançar e divulgar produtos, ela dá aos clientes (e potenciais clientes) conteúdos verdadeiramente úteis, que os ajudam a resolver problemas do dia-a-dia.

Vende arroz e quer que um cliente o compre? Então, será útil partilhar com ele receitas que lhe possibilitem utilizar o seu arroz; motivos médicos para o consumir; “truques” para o preservar durante mais tempo ou mesmo outras utilizações a dar-lhe, fora do âmbito culinário. Se conseguir mostrar, através de conteúdos úteis e relevantes, quais as vantagens e diferentes aplicações para o seu produto, aumenta as hipóteses de o potencial cliente avançar para a compra.

Grandes organizações internacionais como a Microsoft, Cisco Systems ou P&G mostram-se cada vez mais adeptas do marketing de conteúdo e há também cada vez mais pequenas empresas, marcas e lojas, que recorrem a esta abordagem – utilizando notícias, vídeos tutoriais, ebooks, blog posts, guias de como fazer, artigos, perguntas e respostas, imagens, etc. – como forma de divulgar os seus produtos e aproximar-se dos potenciais clientes.

Embora o marketing de conteúdo esteja focado, mais diretamente, na comunicação da marca com os clientes e potenciais clientes, esta abordagem tem objetivos comerciais evidentes: o aumento das vendas, a relação de confiança com o público e a geração de leads são alguns deles. O essencial é produzir conteúdo que chegue aos clientes, se aproxime deles e elimine as suas dúvidas e objeções à compra. Como? Fale connosco. Nós mostramos-lhe como!

botao-blog

 

Tagged: , , , ,

Comment (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *