Setembro 13, 2018 Pedro Girão

Quanto pesa a 10.digital no Movimento Saudável da Vitalis?

Sempre atentos ao mundo do marketing, soubemos que a Vitalis estava a fazer uma campanha baseada em pesquisas do Google para combater o sedentarismo.

O sistema era simples. Como se pode ler em artigo da Briefing, a “Vitalis desafia os consumidores a terem um estilo de vida mais ativo numa campanha de search. “Sofá”, “Tempo” ou “Futebol Online” são três de quinze palavras/expressões que, quando pesquisadas no Google, vão originar frases criativas que remetem para o #MovimentoVitalis”, convidando as pessoas a combater o sedentarismo.

Entusiasmámo-nos: tão simples e tão bom. Como é que ninguém se lembrou disto antes?


Not Bad! Not Bad!

E foi dessa pergunta que surgiram as dúvidas: mas o que impede um concorrente da Vitalis de aparecer antes dessa palavra-chave? E como é que a Vitalis consegue ter relevância suficiente para aparecer no topo das pesquisas (sim, porque não basta pagar ao Google para o conseguir).

Quando montamos a campanha, a Google avalia os critérios de relevância da nossa pesquisa em relação ao que os utilizadores encontram depois de clicarem no anúncio. Avalia as palavras-chave na página de destino (por isso é que, neste blog post, estamos a usar termos como Ikea, Conforama, Jom, Moviflor, tempo.py, accuweather, ipma, futebolaovivo e futeboltvgratis) e o tempo de permanência na página de destino, entre muitos outros fatores. Se os utilizadores clicarem e mostrarem que o anúncio foi relevante para o público-alvo, pagaremos menos pela publicidade que fazemos no Google.


E foi por isso que criámos este post. Criámos anúncios de Search e um copy para atrair todos os profissionais de marketing e CEO’s que, como nós, ficaram curiosos com a campanha e foram procurar os termos que a Vitalis tinha no Google. E desafiámo-nos a aparecer, durante o dia de hoje, à frente da Vitalis nas pesquisas do Google com muito menos orçamento do que a marca. Será que conseguimos?

Tagged: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *